Povo de brandos costumes

Somos de facto um povo de brandos costumes.

Só assim se explica que a federação belga de futebol tivesse a ideia peregrina de impedir os adeptos portugueses de ostentar símbolos nacionais fora da (porque é só uma) bancada exclusivamente destinada aos adeptos lusos!


Perguntam vocês, mas afinal o que tem isso a ver com os “brandos costumes”?

É fácil, meus caros… Nós, os portugueses, não temos o costume de armar a puta onde quer que vamos!

Eu gostava de ver esse porta-voz da selecção belga convencer os adeptos ingleses, por exemplo, que esta medida destinada a prevenir desacatos é perfeitamente normal e legal na Bélgica! Aí, atendendo à costumeira pontualidade britânica, teríamos confrontos com hora e local marcado… como de costume!

Mas, como somos um povo de brandos costumes, só vou pedir duas coisas aos adeptos que forem ao estádio:
  • Cantem bem alto o hino nacional no meio dos belgas e, quando Portugal marcar, berrem GOOOOOOOLOOOOOOOO no ouvido do belga que estiver à vossa frente, porque a nós, ninguém nos cala!
  • Sejam originais no vestir… uma sugestão é usar uma camisa vermelho sangue com umas calças verdes e um grande cinto amarelo! Sei que não é a última moda, mas não é um símbolo nacional, apenas uma má combinação de cores.

Portugal! Portugal! Portugal! Portugal!

Posted by JooGoo
quarta-feira, maio 30, 2007
 

14 Comments:

  1. M&S said...
    Estes comportamentos tribais ligados ao futebol ultrapassam-se, não consigo compreender estas atitudes. Parece-me assustador ver seres racionais de cara pintada e aos saltos, muitos deles dispostos a perder a razão e cometer actos violentos em grupo, alegando depois que foram os copos a mais. Desculpa Joogoo.
    Anónimo said...
    m&s parece-me que não tens razão quando dizes "muitos deles", apenas meia duzia de putos partem para a violência! dou-te o exemplo de guimarães onde no passado dia 20 de maio 30000 gritaram a uma voz: "VITÓRIA ATÉ MORRER...". Vitoriano ou não é impossivel ficar indiferente!
    JooGoo said...
    Anónimo: Não foram 30 mil, mas quase… ;)

    M&S: Se é um facto que ser humano, individualmente considerado, é um animal pacifico, também estão bem documentados pela psicologia os chamados “comportamentos de grupo”. Estes comportamentos, violentos ou não, estão presentes em todas estruturas sociais e de socialização em que nos integramos, estando longe de ser um fenómeno exclusivo do futebol.
    Capitão Merda said...
    Espetamos mais 4 e fica tudo em bem...
    M&S said...
    Anónimo,
    Concordo contigo, lembro a alegria que foi o Euro para o pessoal, contudo, por vezes a agressividade em grupo torna-se mais intensa e um pouco... "irracional"!? e isso assusta-me.

    Joogoo, claro que se manifestam em muitas outras situações mas no futebol também e como é um desporto de massas evidencia-se mais.

    Bom fim-de-semana
    Peste said...
    lol

    isto vai dar molho de certeza!!!
    M&S said...
    Brandos costumes, grande dignidade!
    =)
    JooGoo said...
    Foi uma agradável surpresa verificar que, afinal, o bom senso imperou e foi permitida a entrada dos adeptos portugueses com os respectivos cachecóis e bandeiras.
    Mas o melhor de tudo é que, no fim do jogos, PORTUGAL SAIU VENCEDOR!
    Nocas said...
    Obrigado pela visita, volta sempre, ficarei atenta ao teu blog...
    Anónimo said...
    Somos superiores a isso tudo, somos os maiores. Intemporal
    M&S said...
    :)
    Capitão Merda said...
    Como é, Joogoo?
    Deu de frosques?
    Peste said...
    tu não andas meio desaparecido... andas desaparecido por completo!!
    Anónimo said...
    vou por a pj à sua procura...
    abraço,

Post a Comment